sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Maxixe - A Dança Proibida

O Maxixe, também conhecido por Tango Brasileiro, é um tipo de dança de salão criada pelos negros. Foi a primeira dança urbana criada no Brasil e surgiu nos forrós da Cidade Nova e nos cabarés da Lapa, Rio de Janeiro, por volta de 1875. Fez sucesso entre o fim do século XIX e o início do século XX.
Dançada a um ritmo rápido, sua coreografia nasceu da vivacidade da polca, os requebros da habanera e do lundu. O resultado foi uma dança sensual e muito desenvolta que acabou sendo até proibida. O que caracteriza a dança é uma coreografia muito peculiar e provocante. Para se dançar maxixe, é necessário ter os pés praticamente plantados no chão - mexe-se pouco com eles - e responder aos apelos enérgicos da música com acentuados requebros de cintura, pernas entrelaçadas e umbigadas.
No início o maxixe era dançado em locais mal-vistos pela sociedade, como as gafieiras da época que eram freqüentadas por homens em busca de diversão com mulheres de classes sociais menos favorecidas. Considerado imoral aos bons costumes da época, devido a forma sensual como seus movimentos eram executados, foi perseguido pela Igreja, pela polícia, pelos educadores e chefes de família. Sua entrada nos salões elegantes das principais capitais brasileiras foi terminantemente proibida até que, em 1914, Nair de Tefé, primeira dama do país, esposa do então presidente Hermes da Fonseca, iria escolher um maxixe, o "Gaúcho" ou "Corta-jaca", de Chiquinha Gonzaga, para ser executado ao violão, nos jardins do Palácio do Catete, para escândalo de todo o país. Mais tarde o maxixe estendeu-se aos clubes carnavalescos e aos palcos dos teatros de revista e enriqueceu-se com grande variedade de passos e figurações, firmando-se como a dança da moda.
A divulgação do dança maxixe foi levada a efeito por um bailarino brasileiro chamado Antônio Lopes de Amorim Diniz, um dentista, que abandonou a profissão e em companhia das bailarinas Maria Lina, Gaby e Arlette Dorgère levou o maxixe para Paris fazendo enorme sucesso. Pela elegância dos seus passos, acabou recebendo o nome de Duque.
O maxixe caiu em desuso, talvez por sua complicada coreografia. Mas deixou como herança o samba, do qual foi precursora.

Mais Informações:

3 comentários:

laise cruz disse...

êta,pra dançar o maxixe tem que ter um bom rebolado..
vou dançar tambem!

Tuanny Dias disse...

O maxixi é uma dança sensual e envolvente.Segundo minha amiga o maxixi tbm é cultura.......

Poesias Estrela Dalva disse...

GOSTEI MUITO DO VÍDEO!

DALVA SAUDO